terça-feira, 24 de maio de 2011

Quantos sorrisos você fez despertar hoje?

POST POR:

Dois homens, ambos gravemente doentes, com muitas dores, sofrendo muito, estavam no mesmo quarto de hospital. Um deles podia se sentar na sua cama durante uma hora, todas as tardes, para que os fluidos circulassem nos seus pulmões. A sua cama estava junto à única janela do quarto. O outro homem tinha de ficar sempre deitado. Os homens conversavam horas a fio, falavam das suas mulheres e famílias, das suas casas,todas as tardes, quando o homem da cama perto da janela se sentava, ele passava o tempo a descrever ao seu companheiro de quarto, todas as coisas que ele conseguia ver do lado de fora da janela. A janela dava para um parque com um lindo lago, patos e cisnes na água enquanto as crianças brincavam com os seus barquinhos, jovens namorados caminhavam de braços dados por entre as flores, árvores velhas e enormes acariciavam a paisagem. Enquanto o homem da cama perto da janela descrevia isto tudo com extraordinário amor e carinho, o homem no outro lado do quarto fechava os seus olhos e imaginava a maravilhosa cena, viajava e sonhava com o mundo lindo visto da janela.

Uma manhã, a enfermeira chegou ao quarto trazendo água para os seus banhos, e encontrou o corpo sem vida do homem perto da janela, que tinha falecido calmamente enquanto dormia. Ela ficou muito triste e chamou os funcionários do hospital para que levassem o corpo. Logo que lhe pareceu apropriado, o outro homem perguntou se podia ser colocado na cama perto da janela. A enfermeira disse logo que sim e fez a troca. Lentamente, e cheio de dores, o homem se ergueu, apoiado nos cotovelos, para contemplar o mundo lá fora. Fez um grande esforço e calmamente olhou para o lado de fora da janela. Que dava, afinal, para uma parede de tijolo! Que surpresa. O homem perguntou à enfermeira o que teria feito com que o seu falecido companheiro de quarto lhe tivesse descrito coisas tão maravilhosas do lado de fora da janela. A enfermeira respondeu que o homem era cego e estava muito doente, sabia que estava no fim da vida e nem sequer conseguia ver a parede: “Talvez ele quisesse apenas ti dar coragem para que você pudesse suportar tantas dores e sofrimentos...” disse a enfermeira.

O que temos feito por nós mesmos morre conosco, o que temos feito pelos outros e pelo mundo permanece e é imortal, deixe de ser tão egoísta, tratem os outros como vocês gostariam que tratassem vocês. Não de bola para o tipo de roupa, o quanto cara ela saiu, a cor da pele ou as suas condições de vida, faça o bem sem pensar, porque ele sim trás consequências boas. Ajude sem questionar porque ou esperar algo em troca, às vezes um sorriso e uma risada fazem seu dia maravilhoso, e pode-se perceber que sua vida não é tão complicada quanto a do seu amigo. Há uma felicidade tremenda em fazer os outros felizes, apesar dos nossos próprios problemas. A dor partilhada é metade da tristeza, mas a felicidade, quando partilhada, é o dobro de alegria. Quantos sorrisos você fez despertar hoje? Diga-me, não é bom ver pessoas felizes ao seu redor, sem reclamações, sem questionamentos, risadas sinceras e a felicidade no ar? Pois bem, isso depende de você e do seu humor, faça os dias da sua vida serem mais felizes, pense que seus atos podem fazer uma pessoa ter um dia de vida mais agradáveis!

0 comentaram. Comente também!:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...