terça-feira, 31 de maio de 2011

Caminhos Fáceis!

POST POR:

Já votou no TOPBLOG 2011? Clique aqui e ajude o Demônios a sair campeão!
Vou dizer que caminhos fáceis na vida normalmente são emboscadas, o bom quase sempre é sofrido, mas existem outros caminhos, por exemplo os caminhos amorosos, podemos decidir viver como solteiro, como um bêbado, como um bêbado solteiro, ou se valorizar um pouco e procurar alguém para se namorar.
Claro que ai entram várias questões: o tipo de cabelo, a altura, as preferências físicas, as preferências intelectuais ou até mesmo o simples amor. Pessoas vivem constantemente procurando namorados, mas pouquíssimos deles se dão valor para que isso aconteça. Viver como solteiro é uma coisa normal, mas viver como um solteiro com aquele famoso pensamento “já que não acho a certa, me divirto com as erradas” é burrice, algo que se vê muito hoje por ai. Não sou perfeito e ninguém é, mas tem certas coisas que podem ser evitadas, por exemplo, uma mulher sair com o cara que mais a atrai no local, ir para qualquer lugar confortável e ai vocês já sabem o que acontece. Isso pode ser evitado, porque não adianta você fazer esses tipos de coisas e depois vim choramingar “ninguém gosta de mim, eu não agrado ninguém”, pois o ponto de partida de uma relação é a valorização do corpo. Se é fácil para um, esse um espalhará e ninguém ira querer algo sério com você, compreendem? Se você quer compromisso primeiro entre em um acordo entre você e seu corpo, para que depois possa procurar alguém que oferecera o valor que você merece.

Que ambições nós temos hoje? Segurança parece a única. Não buscamos mais o grande amor, nós não buscamos mais a realização profissional, nós não buscamos mais formar uma linda família. Queremos tudo caindo do céu, rezamos não para termos força para conseguir, mas que na próxima esquina cai um pacote recheado de coisas boas, nem precisam ser grandes coisas, bastam assegurar um mínimo de satisfação possível. O engraçado que soluções fáceis, o nome já diz, só resolve parte do problema, logo tudo volta a ser como era antes, mas com uma diferença: o tempo perdido. Quanta gente vive como zumbi perambulando por ai, com a felicidade e o tempo perdido em caminhos fáceis, em rotas de fuga. Como é duro olhar pra trás e ver que tudo poderia ter sido diferente, bastava um pouco de ousadia e paciência, bastava um pouquinho de fé e autoconfiança, então da próxima vez que escolher algo faça com a máxima disposição porque talvez não tenhamos outra chance.

7 comentaram. Comente também!:

Vitin Melo disse...

UAHSUAHSA, ´PRAQE Namorar, acho q ainda ta mt perto essa distancia
passa aqqi - http://sentimentares.blogspot.com/

Luis Valensi disse...

brother;
teu blog é muito interessante!
parabens pela criatividade e pelo capricho!
abs ;]

Sopa =D disse...

Valeu rapaziada =D
Namorar na tua idade pode não ser muita coisa, mas depois de um certo tempo tu entende o porque das coisas, respeito tua opinião cara, vlw peelo comentario!

Dih disse...

Parabéns Sopaa! Muito bom, de verdade!
A ideia que passa é simples, mas refexivaa... Muito bacana, mesmo!
bjbjbj=*

Rubi disse...

Sempre nos trazendo textos reflexivos.
O caminho pode ser mais difícil, mais longo ... mas no final, é recompensador.

Bruno Costa disse...

Achei o texto bem puritano, lembrando a velha moral dos tempos da vovó. Parece aquele discurso de que hoje as coisas estão ruins, temos que guardar o corpo e tudo mais. Há uma liberdade maior em usar o corpo e se permitir o prazer, tanto para homens quanto para mulheres. Essa moral escrava baseada na repreenão não me parece acrescentar muita coisa e, de fato, só restringe. Se a mulher quer transar na primeira e depois um cara de quem ela gostar não a quiser como namorada por isso, deve ser pq é machista, moralista, mas amigo, tem gente que já superou isso e não precisa se garantir nas restrições do outro. Não dou conselho e só manifesto minha opinião, mas saia mais, conheça outras pessoas e verá que a vida não é tão restrita e, namoro, não é sinal de amadurecimento ou coisa parecida. Pra provar, é só ver que desde que o mundo é mundo os amantes estão por aí...

Sopa =D disse...

Obrigado pelos comentários, mas você Bruno me parece alguem como muitos por aqui, fazer festa faz parte, beber, ficar com mulheres desconhecidas, ou até a primeira vista, isso é normal, mas tem uns que só vivem pra isso, é festa todo final de semana, todo os feriados, todas as oportunidades, a vida é muito mais que isso, é muito mais que simples momentos como esses citados no post.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...