sexta-feira, 25 de março de 2011

Diga não!

POST POR:

Fala galerinha!Eu havia dito ao Paulinho,que iria fazer um post humorístico hoje,mas devido a algumas coisas que aconteceram ultimamente, resolvi falar sobre um assunto sério e polêmico. O BULLYING , ou na internet o CYBERBULLYING.
Geralmente nós adolescentes, fazemos brincadeiras com os demais colegas.mas no entanto nem imaginamos que estamos magoando-o. Vocês sabiam que 58% das meninas já sofreram cyberbullying? Mas a maioria teve que lidar com as críticas e ficar calada, mas chorou por dias? E além de tudo.não fez nada contra os agressores? E em 60% dos casos era alguém da escola.
Então, vou contar uma história, mas devido a pedidos. E para não ofender ninguém usarei o nome fictício “Maria” para a menina e, “João” para o menino. Mas gente, esta história é real, e foi um caso muito grave que aconteceu. Espero que sirva de lição!


“Era fim de ano, todo mundo estava naquela espectativa para que as aulas acabassem, então como de costume a turma resolveu realizar uma brincadeira feita em vários lugares: o amigo secreto. Então, na sala todo mundo aparentemente iria comprar alguma coisa legal pro seu “tal amigo”, mas, foi então que no dia da revelação do amigo secreto veio a brincadeira de super mal gosto.Como ‘Maria’ era baixinha sofria, há muito tempo bullying na escola e, apelidaram-a de “kinder-ovo”. 'João’ então resolveu dar um presente diferente para ‘Maria’, e sabem o que ele deu? Uma fita métrica e um kinder! Vocês que estão lendo podem estar rindo, mas tente se colocar no lugar da menina, sendo humilhada publicamente e por uma pessoa que ela julgava ser seu amigo. Com toda a certeza esse é um ‘presente de grego'. Após o encerramento da brincadeira ‘Maria’ resolve contar para sua mãe que resolve tomar uma decisão drástica: abrir um processo. Enfim, não entrarei em detalhes. O agressor agora deve ter se arrependido do que fez e quem participou da brincadeira também, pois no mundo de hoje, qualquer tipo de discriminação vira processo”
Gente por mais que o assunto seja chato e talvez até repetitivo, ele é muito importante. Só quem sofre o bullying sabe como dói e por isso.não ofendam ninguém. Não debochem por mais que a pessoa faça por onde!
“ Nenhum ser humano é melhor ou pior para julgar o próximo” L.R.

1 comentaram. Comente também!:

Iwilson Jr. disse...

belo post Luana... ta de parabéns.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...